Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dia Mundial do Vegetarianismo

por Ana Catarina Tavares, Nutricionista, em 01.10.16

Sabiam que hoje é o dia Mundial do Vegetarianismo! 

 

 

 

 

Com a crescente visualização de documentários e polémica em relação aos produtos de origem animal, em geral, muito se fala de vegetarianos e de veganos/vegans.

 

 

Sabem qual é a diferença?

O vegetariano é, por definição, alguém que se alimenta basicamente de grãos, sementes, vegetais, cereais e frutas. Os vegetarianos estritos excluem o uso de todas as carnes animais, incluindo peixe e frango, ovos, lacticinios e mel. 

No entanto existem diversos tipos de vegetarianos. Fique a conhecê-los.

Ovo-lacto-vegetarianos

Comem lacticínios e ovos, além dos produtos de origem vegetal.

 

Lacto-vegetarianos

Este grupo de vegetarianos exclui os ovos da sua alimentação no entanto, não sentem necessidade de abrir mão dos lacticínios por vários motivos.

 

Ovo-vegetarianos

Incluem na sua alimentação os ovos, mas excluem o leite e todos os seus derivados.

 

Veganos/Vegan

Não consomem nenhum tipo de produto de origem animal ou que tenha sido testado em animais.

Este grupo exclui a carne de animais (carne vermelha, aves, peixe) e também produtos animais (ovos e lacticínios). Exclui ainda o mel e a gelatina, o uso de produtos de origem animal (couro, seda, lã, lanolina, etc), os produtos testados em animais e os espectáculos onde a exploração animal é motivo de entretenimento (circo, touradas, etc.).

O veganismo vai, pois, além da alimentação e pode ser definido como um estilo de que busca excluir, na medida do possível e do prático, todas as formas de exploração e tratamento cruel de animais na alimentação, no vestuário e com qualquer outro fim.

 

Crudívoros

Alimentam-se única e exclusivamente de alimentos crus. Defendem que o homem é o único animal que cozinha os alimentos, destruindo com isto as suas propriedades nutritivas e que estamos preparados para digerir e assimilar alimentos crus (naturais).

 

 

 

 Para dúvidas procurem sempre um nutricionista!

 

A alimentação vegetariana/vegana pode ser uma das mais saudáveis!

 

Ana Catarina Tavares

1726 N

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00


Bolo de Abacate

por Ana Catarina Tavares, Nutricionista, em 22.02.16

E a propósito do post da semana passada qui fica uma receita com abacate =)

 

Bolo de Abacate:

 

Ingredientes

2 cups de farinha de trigo


1 cup de açúcar amarelo


1/2 cup de óleo


1 colher sopa de essência de baunilha


1 colher sopa de vinagre de maçã


1 colher café de bicarbonato de sódio


2 colheres chá de fermento em pó


1 cupde água a temperatura ambiente


1 abacate grande ou 2 abacates pequenos


Sumo de 1 limão grande



Preparação

Comece por preparar o abacate. Retire a polpa e esmague com um garfo adicionando o sumo de limão. Reserve.

Misture bem os ingredientes secos e acrescente a baunilha, o vinagre e o óleo.

Adicione a água aos poucos sempre mexendo para agregar os ingredientes.

Não é necessário bater.

Por fim, acrescente o abacate preparado antes e misture delicadamente.

Coloque a mistura numa forma de silicone de modo a não ter de levar mais gorduras. Deixe cozinhar em forno pré aquecido a 150 ºC por 30 a 40 minutos. 

 

Bom apetite!

 

Ana Catarina Tavares

1726N

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00


Esparguete de courgete

por Ana Catarina Tavares, Nutricionista, em 15.11.15

Para aquelas alturas em que nos apetecia mesmo um bom prato de esparguete à bolonhesa mas que estamos a tentar controlar os hidratos de carbono existe uma outra opção: o "esparguete de courgete" também conhecido por courgetti.

O nome pode parecer assustador mas não é mais do que a courgete cortada num espiralizador. O espiralizador permite cortar diversos legumes em fios que se assemelham-se muito a esparguete.

 

 

Dê asas à imaginação e faça os mais diversos pratos com este utensílio!

No entanto se tem pouca imaginação ou precisa de ideias vá a este site http://inspiralized.com/.

 

 

Courgetti com soja à bolonhesa

 

Ingredientes (1 pessoa):

- 1 Colher de servir de soja (previamente demolhada)

- 1 Colher de sopa de milho congelado

- 2 Cogumelos frescos

- 1 Courgete grande

- Sal qb

- Pimenta qb

- Alho picado qb

- 2 Colheres de sopa de polpa de tomate

- 1 Cebola pequena picada

 

Preparação:

- Coloque 1 colher de sopa de azeite num tacho com a cebola, o alho, o milho e os cogumelos cortados em cubos.

- Mexa e junte a polpa de tomate, o sal, a pimenta e a soja.

- Deixe cozinhar em lume baixo durante 5 minutos.

- Enquanto a soja está a apurar comece por lavar a courgete e espiralizá-la.

- Deite a courgete espiralizada num prato e deite a soja por cima.

 

FullSizeRender.jpg

 

 

Ana Catarina Tavares Nutricionista 1726N

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:27


A importância do ferro

por Ana Catarina Tavares, Nutricionista, em 19.10.15

O ferro dietético existe em duas formas: o ferro hémico e o ferro não hémico. O primeiro é crucial na hemoglobina (1,5 a 2,5 g de ferro encontram-se dentro da hemoglobina nos glóbulos vermelhos), na mioglobina, nos citocromos e nas peroxidases. O segundo encontra-se, principalmente, em alimentos de origem vegetal.

 

 

 

A maioria do ferro  é absorvida no intestino, no duodeno e no jejuno, através das células absortivas intestinais, após a digestão.

 

A absorção do ferro no organismo varia consoante o seu tipo e consoante a sua ingestão conjunta com outros alimentos.

 

Anemia Ferropénica:

 

É a carência de ferro no sangue. O ferro é importante para o organismo, principalmente na fabricação do sangue e no transporte de oxigénio pelo corpo. Quando não fazemos uma alimentação equilibrada, com alimentos ricos em ferro, pode dar-se origem a este tipo de  anemia. Pode acontecer também em períodos da vida onde a necessidade de ferro está aumentada, como na gravidez, na adolescência e na fase de crescimento rápido da criança.

 

Então e quais são os sintomas carência de ferro?

 

Os sintomas podem ser: cansaço, fraqueza no corpo todo, sonolência, dores de cabeça, falta de apetite, irritação, dificuldade de concentração e indisposição para o trabalho. A anemia pode igualmente elevar o risco de infeções.

 

Como ter uma alimentação rica em ferro?

 

- Dê preferência, ao almoço e ao jantar, à ingestão de carnes vermelhas magras ou carnes de aves, de peixes, fígado, rim, coração, moela.

- Utilize, ao almoço e ao jantar, feijão de todos os tipos, favas, ervilhas, lentilhas, grão de bico ou soja.

- Prefira os vegetais de folhas verde-escuras: espinafre, agrião, acelgas, beterraba, brócolos, salsa, coentros, rama de beterraba.

 

E o que prejudica a absorção de ferro no organismo?

Café, chá preto, chá mate, guaraná, refrigerantes, queijo, leite, iogurte, sorvete, gelado, pudins e chocolate, alteram o aproveitamento do ferro. Portanto é necessário evitar o seu consumo quer ao almoço quer ao jantar.

 

Então e o que melhora a absorção de ferro no organismo?

Por exemplo, a vitamina C aumenta a absorção de ferro não hémico dos alimentos, logo, uma baixa ingestão desta vitamina irá exacerbar os problemas de carência de ferro, especialmente em indivíduos que consomem pequenas ou nenhumas quantidades  de carne, peixe ou aves. Se é vegetariano/vegano ou tem tendência a ter carência de ferro ingira que ao almoço quer ao jantar alimentos ricos em vitamina C tais como: laranja, limão, acerola, goiaba, tangerina, abacaxi, kiwi, morango, maracujá, agrião, couve e tomate.

 

 


Ana Catarina Tavares

Nutricionista

1726N

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:56


Pequeno-almoço nutritivo #1

por Ana Catarina Tavares, Nutricionista, em 10.02.15

Sem ideias para um pequeno-almoço cheio de densidade nutricional e vitaminas?

Aqui fica a ideia ;)FullSizeRender.jpg

Ingredientes: 

 

 

 

- 1/4 de Mamão (comprei uma metade e parti ao meio)

- 1 fatia de manga

- 1 iogurte de soja com sabor a pêssego/manga

- 1 Colher de sopa de Despertar de Buda

- 1 Colher de chá de amendoas laminadas

 

Juntar tudo numa taça e servir!

 

FullSizeRender (1).jpg Esta mistura têm: trigo sarraceno moido, farinha de amendoa, sementes de chia moidas, lucuma em pó, sementes de linhaça moidas, açúcar de coco, maca em pó e baunilha em pó.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:19


Smoothie Rise and Shine

por Ana Catarina Tavares, Nutricionista, em 27.01.15

FullSizeRender (1).jpg

Smoothie rise and shine

 

Ingredientes:

-250 ml de "leite" de aveia

- 1 banana pequena

- 5 morangos

- 1 mão cheia de espinafres

- 1 kiwi

-  1 colher de sopa de mistura rise and shine

 

Preparação:

 

Juntar tudo numa liquidificadora e bater até estar cremoso. Beber logo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:04


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D


Links

  •